Comprove os fatos

Esta página é um espaço dedicado à lembrança de um governo
passado que pouco contribuiu para o Espírito Santo.

#01

Casagrande citado
na Lava Jato

O candidato ao Governo do Estado foi citado duas vezes nas delações, uma delas é em relação ao Caixa Dois.

Saiba Mais...

É de conhecimento público que Renato Casagrande foi citado nas delações de dois executivos da Odebrecht, o que o coloca no meio das investigações da maior operação contra a corrupção da história do nosso país.

Sérgio neves, um dos articuladores de operações fraudulentas da empresa, foi muito claro ao informar em sua delação o envolvimento de Renato Casagrande em atos ilícitos como formação de Caixa 2 e oferecimento de vantagens em troca de dinheiro de campanha. [...]


#02

A educação no antigo governo Casagrande

Níveis de ensino abaixo da meta no Espírito Santo.

Saiba Mais...

Enquanto governador nos anos de 2011 a 2014, Renato Casagrande não alcançou as metas estipuladas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, índice que mede a qualidade do aprendizado nacional e estabelece metas para a melhoria do ensino.

No ano de 2011, o Espírito Santo ficou 0,3 pontos abaixo da meta, em 2013, a distância da meta aumentou para 0,4 pontos e em 2015 o cenário se agravou, [...]


#03

Promessas de obras que nunca saem do papel

Nenhuma grande obra prometida virou realidade. Agora, em nova campanha, Casagrande insiste em assumir compromissos anteriormente frustrados.

Saiba Mais...

Renato Casagrande há muito tempo promete ao povo capixaba grandes obras de mobilidade. Isso aconteceu em seu plano de governo enquanto candidato em 2010 e todo mundo viu que várias promessas não saíram do papel.

A mídia local divulgou por várias vezes a inércia do então governador diante das suas próprias promessas. Em um governo ruim para a mobilidade do capixaba, a população viu de perto os planos de governo irem por água abaixo. [...]


#04

Mais de 350 milhões gastos com publicidade

De 2011 a 2014, o governo de Casagrande direcionou uma enorme fortuna para publicidade e negligenciou problemas emergenciais do Estado.

Saiba Mais...

Enquanto governador, Renato Casagrande nos seus 4 anos de mandato conseguiu gastar mais de 356 milhões de reais com publicidade. Toda esta verba poderia ter sido direcionada para obras de diversas naturezas, inclusive para a construção de hospitais, rodovias, obras de saneamento básico e infraestrutura em segurança.

No ano de 2011, o governo gastou mais de 68 milhões, em 2012 o dinheiro investido em publicidade saltou para 88 milhões de reais. A gastança continuou nos dois últimos anos de governo. [...]


#05

Um dos Estados mais violentos do país

Casagrande deixou o Espírito Santo entre os 3 Estados em que mais se mata no Brasil. Ruim para o cidadão e especialmente terrível para as mulheres.

Saiba Mais...

Em 2010 Renato Casagrande apresentou em seu Plano de Governo, quase 10 páginas de iniciativas que supostamente ajudariam a enfrentar a violência no Espírito Santo. Contudo, após o seu governo, verificamos que o Espírito Santo ainda continua entre os Estados mais violentos do país.

Em 2012, o Espírito Santo alcançou a triste posição de segundo Estado com maior taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes, sendo considerado menos violento apenas do que o Estado de Alagoas. [...]